Buscar

Memória Litúrgica de Santa Tereza e Dia do Professor são celebrados na Basílica da Medianeira

Por uma feliz coincidência, no Brasil, o Dia do Professor acontece no mesmo dia da celebração da primeira mulher reconhecida como doutora da Igreja.


Às 18 horas do dia 15 de outubro a celebração eucarística realizada na Basílica da Medianeira acolheu professores de Santa Maria e região para a Missa de gratidão pelo Dia do Professor. A atividade promovida pela Comissão Arquidiocesana de Educação e Cultura contou com a presidência de Dom Leomar Antônio Brustolin e foi concelebrada pelo frei Valdir Preto, OFM Cap, padres Cristiano Quatrin e Artêmio Santi e diáconos Ricardo Rossato e Élio Denardin.

Irmã Valderesa Moro

As leituras foram realizadas pela Irmã Valderesa Moro, diretora do Colégio Sant’Anna e pela educadora Lúcia Maria Pauli Kist. Os Salmos foram entoados pela professora Claudecira Bottoli e as preces da comunidade foram feitas pela professora Camila Dalmolin Hoffmann e pelo estudante João Victor Buligon.

Durante a homilia, o arcebispo de Santa Maria refletiu como Santa Teresa pode ser fonte de inspiração pela busca de algo mais profundo, pela superação do vazio e pela valorização das coisas que são eternas, como fez a santa durante sua vida. Citou a importância do Pacto Educativo Global, proposto pelo Papa Francisco, onde a educação coloca a pessoa no centro do processo educativo. Citou ainda a falta de reconhecimento dos professores e pediu que todos os profissionais encontrem uma espiritualidade para fortalecerem sua caminhada profissional. “Que Santa Teresa nos inspire a buscar algo mais profundo, lembro de todos os que trabalham no ambiente educativo, quem abre, quem limpa, administradores, pedagogos, que coloquemos a pessoa no centro” concluiu o arcebispo.

Professora Tatiele Lamarque

Para Tatiele Lamarque, professora de Física na Escola Moacir Alves Ramos, atividades como esta são importantes, pois além de ser uma forma de reconhecer o trabalho de quem educa, também é uma forma de incentivar a fazer o trabalho com mais dedicação. “A espiritualidade para mim é muito importante para conseguir seguir na minha missão como professora, que faço com muito amor, amo o que faço e amo fazer a diferença na vida das pessoas” afirmou a educadora.

Ao final da celebração Dom Leomar retomou a programação a 79ª Romaria Estadual da Medianeira, quando, durante a Trezena a Imagem irá passar pelas escolas católicas de Santa Maria, como forma de animar as comunidades e os educadores receberam a oração de Nossa Senhora Educadora, integrante do material da Campanha da Fraternidade deste ano e receberam uma bênção para serem fortalecidos no seu trabalho.


Arcebispo Metropolitano de Santa Maria e Comissão Arquidiocesana de Educação e Cultura. Da direita para esquerda Lúcia Maria Pauli Kist, Jaime Stecca, Frei Valdir Pretto, Dom Leomar, Ir. Fátima e Camila Dalmolin Hoffmann.