Buscar

Medianeira de Todas as Graças é decretada como Padroeira da Província Eclesiástica de Santa Maria.

Proclamação aconteceu durante o Encontro da Província Eclesiástica de Santa Maria.

Durante os dias 17 e 18 de março, bispos, coordenadores de pastoral e convidados participaram da primeira reunião da Província deste ano. Representações das arqui/dioceses de Santa Maria, Uruguaiana, Santa Cruz do Sul, Santo Ângelo e Cachoeira do Sul e Cruz Alta acompanharam as atividades que aconteceram no Instituto Arquidiocesano São José, na Basílica da Medianeira e na Faculdades Palotinas (FAPAS) e cumpriram uma intensa programação.

No dia 17, logo após a acolhida, foi feita a primeira reflexão do encontro, contou com a assessoria da Reitora da Universidade Franciscana (UFN), Irmã Irani Rupolo, que trouxe ao debate o tema “A educação no contexto de pós-pandemia.” Relacionado às questões apresentadas pela Campanha da Fraternidade de 2022. Após a apresentação houve um diálogo entre os participantes. O próximo tópico abordado foi uma partilha sobre o andamento do Sínodo nas Dioceses.


A última ação no Instituto São José foi a discussão sobre a proclamação de Nossa Senhora Medianeira de Todas as Graças como Padroeira da Província Eclesiástica. O primeiro dia encerrou com a realização de uma celebração eucarística, na Basílica da Medianeira. Ao término da celebração presidida por Dom Frei Aloísio Alberto Dilli, OFM, bispo de Santa Cruz do Sul, os ordinários diocesanos assinaram o decreto que proclamou Nossa Senhora Medianeira de Todas as Graças com padroeira da Província Eclesiástica.

O segundo dia, iniciou com orações e foi marcado por análises sobre os processos de Formação em andamento e concluído em uma reunião na FAPAS.


Na avaliação de Dom Leomar Antônio Brustolin, arcebispo de Santa Maria “Este é um momento importante para a vida eclesial desta província, que visa cada vez mais, caminhar de forma sinodal, isso significa unir esforços, pessoas e projetos para caminharmos juntos e propormos novas possibilidades de evangelizar o nosso Povo, para que se encontre cada vez mais com Jesus Cristo, o filho da Virgem Maria, nosso Divino Salvador.”


Confira abaixo a íntegra do documento.


DECRETO


PROCLAMAÇÃO DE

NOSSA SENHORA MEDIANEIRA DE TODAS AS GRAÇAS

COMO PADROEIRA DA

PROVÍNCIA ECLESIÁSTICA DE SANTA MARIA


Os ordinários das dioceses de Santa Maria, Uruguaiana, Santa Cruz do Sul, Santo Ângelo, Cruz Alta e Cachoeira do Sul, reunidos em Santa Maria, decidiram unanimemente proclamar a Bem-aventurada Virgem Maria, com o título de NOSSA SENHORA MEDIANEIRA DE TODAS AS GRAÇAS, como Padroeira da Província Eclesiástica de Santa Maria, no Rio Grande do Sul.

Esta deferência se deve ao fato de Nossa Senhora ser assim muito venerada nas Igrejas Particulares da Província, reunindo fiéis de toda região na Romaria Estadual que ocorre na Basílica a ela dedicada em Santa Maria.

Portanto, decretamos, juntamente com os bispos e administrador diocesano, que a Nossa Senhora Medianeira de Todas as Graças seja reconhecida e venerada como a Padroeira da Província de Santa Maria.

Dada e passada no Santuário-Basílica de Nossa Senhora Medianeira de Todas as Graças, em Santa Maria.


Santa Maria, 17 de março de 2022.



Dom Leomar Antônio Brustolin

Arcebispo Metropolitano de Santa Maria


Dom Frei Aloísio Alberto Dilli, OFM

Bispo de Santa Cruz do Sul


Dom José Mário Scalon Angonese

Bispo de Uruguaiana


Dom Liro Vendelino Meurer

Bispo de Santo Ângelo


Dom Edson Batista de Mello

Bispo de Cachoeira do Sul


Pe. Silvio Jorge Mazzarolo

Administrador Diocesano de Cruz Alta