Buscar

Mais de 2000 pessoas participam da missa da saúde


Na tarde deste sábado (5), às 15h, a casa da Mãe Medianeira contou com a presença de fiéis, que além de lotar os bancos, ocuparam os corredores e espaços livres com cadeiras e em pé, dentro e fora do Santuário para a missa da saúde. A celebração foi presidida por Dom Leomar, Arcebispo Metropolitano de Santa Maria e concelebrada por padres, diáconos e freis. São inúmeros os motivos que trazem os devotos ao encontro da mãe: o agradecimento pela saúde, a passagem pelo período de pandemia, pedidos por recuperação, e alcance de outras graças.



Em sua homilia, Dom Leomar mencionou a importância de se reunir, rezar, de conviver em comunidade, especialmente na basílica, que é a casa da Mãe Medianeira. Ressaltou a importância de mantermos a jovialidade, e de fazê-la acolhendo e chamando os jovens para a Igreja, de utilizar esse momento para uma análise de consciência, desdramatizar a vida – como recomenda Papa Francisco -, abrir da mente, e finalmente, alertou sobre a importância de sermos luz em nossas famílias. O Arcebispo também apresentou um novo projeto para esse espaço tão especial, que é a construção de dois altares. Um deles, é dedicado ao Papa João Paulo I, beato e único pontífice que já visitou a basílica; outro é dedicado a São José. No encerramento da celebração foi dada a benção da saúde com a imposição das mãos e reafirmado a necessidade da cultura da acolhida e da espiritualidade.




Acesse fotos da celebração aqui.


Texto: Aline Cancian Cargnin para PASCOM

Fotos: Alana Farias e Guilherme Bosi para PASCOM