Buscar

Lançamento Arquidiocesano da Campanha da Fraternidade aconteceu na Escola Marista Santa Marta

A Igreja, neste ano, evidencia a necessidade de reflexão sobre Educação como aspecto concreto para mudança de vida.





A Arquidiocese de Santa Maria realizou pela primeira vez em sua história o lançamento de uma Campanha da Fraternidade fora do Arcebispado, como comprovação de que a educação é um ato concreto na mudança de realidades sociais, a atividade ocorreu na Escola Marista Santa Marta, na manhã de 2 de março, Quarta-feira de Cinzas, às 9 horas. A Escola, instalada desde 1998 no bairro Nova Santa Marta, atende 1050 estudantes, através da ação filantrópica e possibilita a formação integral das crianças. O evento contou com a presença de reitores, diretores de escolas, autoridades e pessoas que atuam na área da educação. Além de jornalistas e comunicadores que ouviram de Dom Leomar Antônio Brustolin, arcebispo metropolitano, dados estatísticos sobre educação, pandemia e humanismo.


Desde 1964, a Igreja no Brasil promove a Campanha da Fraternidade como um dos modos de viver a espiritualidade quaresmal. A CF 2022 reflete sobre a relação entre fraternidade e educação na perspectiva da pandemia e do Pacto Educativo Global proposto pelo Papa Francisco.


O Objetivo é promover diálogos a partir da realidade educativa do Brasil, discernir à luz da fé cristã, e propor caminhos em favor do humanismo integral e solidário - Uma educação para todo ser humano e para todas as pessoas.


Recorda-se um provérbio Africano, citado pelo Papa: para educar uma criança é preciso uma aldeia inteira. Entende-se, então, que todos precisam cooperar com iniciativas criativas que ajudem os governantes a priorizar a educação integral. Urge repensar as escolhas que estão sendo feitas e o modelo de sociedade e de pessoa humana que estamos formando.


A Arquidiocese de Santa Maria, através de sua Comissão de Educação e Cultura, trabalhará com educação em várias ações no decorrer de 2022, não se limitando a reflexão no tempo quaresmal.

Concretamente para este ano, a Comissão alinha suas atividades em três dimensões:


a) Formação – Pela Jornada Pedagógica de julho, que será online e para educadores de todos os níveis.

- Curso lato sensu Pedagogias do Evangelho proposto pela CNBB Sul 3 e FAPAS.


b) Celebração - Dia 15 de outubro, às 18h, com a Missa do Dia do Professor na Basílica da Medianeira

- Tema da Trezena e Festa da Medianeira será em torno de Maria, Mãe e Mestra da Paz! Com a visita do quadro sagrado às escolas da cidade.


c) Ação - Participação com a prefeitura municipal da Campanha #Vempraescola;

- Exposição de boas práticas educativas em Santa Maria no dia 15 de outubro no Parque da Medianeira;

- Envolvimento das escolas e obras sociais na celebração do dia do pobre em novembro.


Temos consciência da responsabilidade deste momento crítico para a paz no mundo no qual nossos estilos de vida, de ser e agir neste mundo estão sendo provados. Cabe recordar o que disse o Papa Francisco: “toda a mudança de atitude passa pela educação”. Apontou o arcebispo durante a apresentação.