top of page
Buscar

Integrantes da Igreja participam de Formação sobre a Campanha da Fraternidade 2023

Integrantes de paróquias que compõem a Arquidiocese de Santa Maria, além de representantes de Pastorais Sociais da ArquiSM, estiveram presentes da Formação sobre a Campanha da Fraternidade 2023, promovida pela Arquidiocese, com base em documentos enviados pela CNBB.

A Campanha da Fraternidade é o modo brasileiro de celebrar a Quaresma. Visto que a Quaresma é o tempo favorável para a conversão, que não pode ser apenas uma atividade individualista, uma vez que a vontade de Deus, desde a criação, se manifesta como projeto de vida a um povo. A CF não é uma campanha sobre a Quaresma, mas uma proposta de conversão pessoal e coletiva neste período.

A campanha tem o objetivo de sensibilizar a sociedade e a Igreja para enfrentarem o flagelo da fome, sofrido por uma multidão de irmãos e irmãs, por meio de compromissos que transformem esta realidade a partir do Evangelho de Jesus Cristo.

Dom Leomar Antônio Brustolin, Arcebispo Metropolitano da Arquidiocese de Santa Maria, fez a benção inicial do evento, onde todos juntos rezaram a Oração da Campanha da Fraternidade:


"Pai de bondade, ao ver a multidão faminta, vosso Filho se encheu de compaixão, abençoou, repartiu cinco pães e dois peixes e nos ensinou: “dai-lhes vós mesmos de comer”.

Confiantes na ação do Espírito Santo, nós vos pedimos: inspirai-nos o sonho de um mundo novo, de diálogo, justiça, igualdade e paz; ajudai-nos a promover uma sociedade mais solidária, sem fome, pobreza, violência e guerra; livrai-nos do pecado da indiferença com a vida.

Que Maria, nossa Mãe, interceda por nós para acolhermos Jesus Cristo em cada pessoa, sobretudo nas abandonadas, esquecidas e famintas. Amém!"


No decorrer da apresentação, foram apresentados passos a serem seguidos individualmente e em comunidade para caminhar de acordo com a Campanha da Fraternidade 2023:

1º Passo: Reconhecer a realidade da fome na região em que se vive;

2º Passo: Iluminar com a luz da Palavra do Senhor;

3º Passo: Agir para transformar a realidade da fome.

Conduzida pelo Pe. Gerson Gonçalves e por Luciana Nicoloso, coordenadores de pastoral da ArquiSM, a atividade foi realizada no Instituto São José, em Santa Maria, no dia 1º de março. Luciana provocou os presentes: "Não temos somente fome de alimento, temos fome de paz, temos fome de fraternidade, de verdade, de bondade, fome de tudo aquilo que humaniza".

Ainda, cada Pastoral que compõe a Arquidiocese de Santa Maria fez um momento de fala, onde explicou seu funcionamento em prol da comunidade.



Fotos: Ascom/ArquiSM


Comments


bottom of page