Buscar

Fé movimenta centenas de ciclistas em Santa Maria

Com as bênçãos de Nossa Senhora Medianeira, a atividade promoveu momentos de saúde, espiritualidade e lazer entre os participantes.




Para comemorar o Dia Nacional do Ciclista e o jubileu de ouro do Movimento de Cursilhos de Cristandade (MCC) a Arquidiocese de Santa Maria, com o apoio da Prefeitura Municipal, Brigada Militar, Polícia Rodoviária Estadual, DAER e de diversas empresas ligas ao esporte e saúde promoveu no dia 21 de agosto a 1ª. Romaria dos Ciclistas. A largada foi pontualmente às 8h30 da frente Igreja Nossa Senhora da Glória.

Apesar do domingo frio, aproximadamente 400 pessoas, de todas as faixas etárias e de diversas cidades da região vieram demonstrar sua fé no Deus da Vida e conviver com outros ciclistas.


“Uma verdadeira bênção para os ciclistas um evento assim” declarou Cleusa Schefer, que pedalou do bairro Patronato e até Camobi para iniciar a Romaria desde a saída, e comentou, também sobre o clima de companheirismo, onde todos os participantes esperavam uns pelos outros, sem nenhum tipo de competição.


Henrique Lemos Brum, integrante do grupo de dezesseis ciclistas que vieram de São Sepé, destacou que a Romaria é foi momento de renovar a fé, agradecer e pedir que Nossa Senhora sempre livre os ciclistas de acidentes. O grupo saiu de sua cidade às 5h da manhã, pedalaram por cerce de 56 km para chegar em Camobi, mais os 12 da Romaria e, novamente, 56 para retornar. Para ele “estar aqui, sem competição, parando, fazendo orações renova a nossa fé”.


Além de pessoas de Ivorá, Júlio de Castilhos e São Sepé, muitos participantes foram aderindo à Romaria durante o trajeto que fez paradas para momentos de espiritualidade no Santuário do Divino Espírito, na Casa Museu Diácono João Luiz Pozzobon, no Santuário Tabor e na Igreja Nossa Senhora das Dores antes de chegar no Parque da Medianeira, onde o público aguardava para saudar Nossa Senhora Medianeira e cerca de 400 ciclistas.


A Romaria encerrou com Celebração Eucarística e bênção aos participantes, presidida pelo arcebispo metropolitano, Dom Leomar Antônio Brustolin, às 10h, no Altar-monumento. Durante o sermão ele lembrou que a vida é como andar de bicicleta, não podemos ficar parados para não perder o equilíbrio.