top of page
Buscar

Escola de Ministérios finaliza o ano de 2023

Em andamento desde o início de 2023 na Arquidiocese de Santa Maria, a Escola de Ministérios encerrou as atividades deste ano, com um encontro e amigo oculto no último dia 25 de novembro.


O grupo é composto por cerca de 90 pessoas e tem por objetivo a qualificação e fundamentação das lideranças das paróquias, para que estes leigos atuem mais profundamente no processo de evangelização nas comunidades em que estão inseridos.


Ao longo de 2023, o conteúdo formativo foi baseado no Concílio Vaticano II, com o intuito de formar lideranças que testemunhem os valores cristãos diante da sociedade complexa em que estamos vivendo diariamente, onde encontra-se cada vez mais carente de sentido e referências.

Ainda, com a Escola de Ministérios quer-se fortalecer uma eclesiologia dinâmica e plural, onde cada cristão batizado possa servir a Igreja dentro de seu ministério, isso de forma legítima e qualificada.


O mais conhecido é o Ministério Ordenado, ou seja, o dos diáconos, padres e bispos. Este ministério é para toda a vida, e exige uma dedicação mais intensa. Há também o Ministério Confiado, dos ministros extraordinários da comunhão, da Palavra e da esperança, que são confiados aos fiéis leigos por um tempo específico. E, por fim, temos o Ministério Instituído, que são funções específicas que todo cristão católico pode assumir, mediante uma preparação adequada.


A Escola de Ministérios da Arquidiocese de Santa Maria está formando leigos para o Ministério Instituído, onde os participantes serão: Ministros Acólitos, Ministros Leitores ou Ministros Catequistas. Entenda cada um deles:


- Ministro Acólito: será a referência em sua comunidade para os servidores da sagrada liturgia (coroinhas), bem como na formação dos ministros extraordinários da Comunhão Eucarística.


- Ministro Leitor: cuidará de toda a organização litúrgica da comunidade (escalas, equipes de canto, etc) e se empenhará por auxiliar a comunidade a crescer no conhecimento da Palavra, através de celebrações estudos.


- Ministro Catequista: acompanhará toda a formação querigmática de sua comunidade paroquial; sendo a referência em tudo que diz respeito a IVC, colaborando com o pároco, através da formação geral dos paroquianos.


O estudo continua no próximo ano. Em 2024, o grande grupo será dividido em 3, sendo eles: leitores, acólitos e catequistas, conforme os ministérios em que foram indicados. Os acólitos serão dirigidos pelo Pe. Junior Lago; os leitores, pela Ir. Élida Debastiani; e os catequistas, pela Daniele Irassochio. A divisão dos grupos será para estudarem os documentos específicos pertinentes aos seus ministérios.


Para o próximo ano, não haverá nova turma para a Escola de Ministérios. A ideia é finalizar a formação da primeira turma, para somente depois iniciar novas formações. Com projetos assim, fortalecemos a sinodalidade da Igreja e capacitamos as lideranças das comunidades paroquiais para que o Evangelho possa chegar aos corações dos homens e mulheres que nunca sentiram tanto com sua ausência.







bottom of page