top of page
Buscar

Pastorais das Dioceses e Arquidioceses realizam primeira reunião de 2023

A primeira reunião regional dos coordenadores de pastorais das arqui/dioceses gaúchas aconteceu na noite de terça-feira, 14 de fevereiro, em modalidade online. O encontro contou com a presença da presidência da CNBB Regional, dom José Gislon, dom Rodolfo Weber e dom Adilson Pedro Busin, bem como da secretária executiva do Regional, Sandra Zambon. Representando a Arquidiocese de Santa Maria, esteve presente o Coordenador de Pastoral local, Pe. Gerson Cavalheiro Gonçalves.

O Presidente do Regional, dom José Gislon, acolheu os presentes e deu abertura à reunião, saudando especialmente os coordenadores que participaram pela primeira vez do grupo. Dom Gislon lembrou a importância deste ano para a Igreja do Brasil e do Rio Grande do Sul, especialmente pela eleição das novas presidências da CNBB Nacional e Regional. Ressaltou ainda a importância da CF 2023 e o olhar atento à fome que assola a uma grande parte da população:

“Estamos às portas do início da Quaresma e temos a realidade do mundo ao nosso redor, com diversas situações que tocam e ferem a vida do povo. Como Igreja somos chamados e motivados pela força do Evangelho a sermos presença de amor, ternura e compaixão nesta realidade dos mais fragilizados”, destacou dom José.


Laudato Si

Um dos destaques do encontro foi a participação do coordenador de campanhas do Movimento Laudato Si para o Brasil, Eduardo Nischespois Scorsatto. Durante sua exposição, o convidado apresentou a proposta do Movimento Laudato Si, sugerindo indicativos de ação no Regional.


Um dos principais focos do Movimento atualmente é a divulgação do filme A Carta, disponível gratuitamente no YouTube. O filme mostra ativistas da linha de frente de diferentes lugares do mundo, representando os ‘poetas sociais’: os indígenas, os jovens, os pobres e a natureza.

Segundo Eduardo, o objetivo é difundir o documentário a fim de engajar as pessoas envolvidas em processos de enfrentamento e de proposição à crise climática e ecológica. Para isso, a proposta é realizar a exibição do filme em diversos níveis e espaços, além de participar das ações propostas na Semana Laudato Si e do Tempo da Criação.


Planejamento e Perspectivas

A pauta do encontro debateu ainda outros temas de importância para 2023, como o encaminhamento da Segunda Etapa Sinodal, os Subsídios de Natal 2022 e Páscoa 2023, a nova marca da CNBB, os preparativos para a Campanha da Fraternidade, a Assembleia Regional da Ação Evangelizadora, em junho e a mudança da Sede da CNBB Regional, em Porto Alegre.


Fonte: CNBB Sul 3

Comments


bottom of page