Buscar

Celebração no túmulo de São Pedro marca o primeiro dia da Visita Ad Limina

A segunda-feira também contemplou a visita em duas Congregações, três Pontifícios Conselhos do Vaticano e na Secretaria para o Sínodo dos Bispos






A Visita Ad Limina Apostolorum do episcopado gaúcho iniciou nesta segunda-feira (02), no Vaticano. Até sexta (07), o grupo de 23 bispos e padre participará de reuniões e encontros em diversos Dicastérios, Congregações, Conselhos Pontifícios e Comissões. No dia 04 de maio, o episcopado gaúcho também estará na Secretaria de Estado do Vaticano e na quinta-feira, 05, participará da Audiência com o Papa Francisco.

A visita também está relacionada com a apresentação de um relatório sobre a situação da arqui/diocese de cada bispo presente. Este material não consiste em uma prestação de contas, mas em uma partilha da situação de cada Igreja Local.


A Conjuntura Eclesial

O Regional Sul 3 da CNBB compreende o Estado do Rio Grande do Sul e está dividido em quatro Províncias Eclesiásticas, com quatro arquidioceses e 14 dioceses que integram 874 paróquias. Dados aproximados contabilizam no Estado:

  • 8.740 catequistas;

  • 4.252 religiosas de vida consagrada;

  • 1.756 presbíteros, sendo 1.196 padres diocesanos e 560 das congregações e ordens religiosas;

  • 519 irmãos de vida consagrada;

  • 283 diáconos permanentes casados,

  • 225 seminaristas maiores,

  • 439 institutos de educação católica,

  • 332 entidades beneficentes,

  • 34 santuários diocesanos ou regionais.


O atual Episcopado Gaúcho

Os dados divulgados pelo professor traçam também o perfil do episcopado do Estado, que conta com 37 bispos, 17 titulares, três auxiliares e 17 eméritos. De todo o episcopado, 28 nasceram no Rio Grande do Sul e entre os outros nove, são três catarinenses, três paranaenses, dois paulistas e um italiano.

O estudo mostra ainda que outros 26 bispos nascidos no Rio Grande do Sul estão trabalhando em outros regionais da CNBB. O episcopado brasileiro tem atuais 467 bispos vivos sendo 54 gaúchos, o terceiro maior grupo.


Texto e foto Divulgação CBNN Regional Sul 3