Buscar

Bertilo Morsch é o novo pároco da Catedral Metropolitana e Vigário Geral Arquidiocesano.


A Catedral Metropolitana de Santa Maria foi palco da posse canônica do padre Bertilo João Morsch, que assume a paróquia juntamente com o cura emérito Antônio Bonini e o arcebispo emérito, Dom Hélio Adelar Rubert. A celebração eucarística presidida por Dom Leomar Antônio Brustolin, no dia 6 de março, às 19 horas contou com a participação dos padres Junior Lago, Cristiano Quatrin, do diácono Ricardo Rossato, chancelar da arquidiocese e de seminaristas, autoridades, familiares, congregações religiosas e comunidade de fiéis.


Após a acolhida ao Bispo feita pela catequista Beatriz Loureiro, a Ministra maria Julia Curtinhas leu o decreto de nomeação do novo pároco e o pe. Cristiano Quatrin realizou a leitura da Provisão como Vigário Geral que também será de responsabilidade do Padre Bertilo. Em continuidade, foi pronunciada pelo Padre Bertilo a renovação de suas promessas sacerdotais diante de Dom Leomar Antônio. Durante a entrega das chaves da igreja, o arcebispo pediu que além das portas físicas, sejam abertos os corações dos fiéis. “Eu peço a todos os paroquianos da Catedral, sem exceção: Atraiam mais gente para cá. É um desafio, acho que precisa vir mais gente para a catedral, e isso depende de um só ponto hospitalidade e acolhimento. Toda a pessoa que vem aqui é nosso irmão em Cristo.” O rito continuou com a entrega do Evangeliário ao Pe Bertilo que proferiu a leitura do Evangelho do dia.


Em sua Homilia, Dom Leomar retomou a vocação da Catedral enquanto paróquia, que é acolher a todos que vem a Santa Maria. “Esta catedral que remonta a época do Acampamento, ... Esta imagem que está aqui precede todos nós há muito tempo e nos sucederá muito tempo depois. Como sinal de uma fé eloquente em um Deus único, vivo e verdadeiro.” E continuou explicando que a Catedral se chama assim porquê pela Cátedra devem se manifestar a unidade de toda a arquidiocese. A catedral é um sinal de unidade da arquidiocese e deve ser um sinal de unidade para todos. Recordou o tempo da Quaresma e refletiu as leituras do dia. “Nem só de pão vive o homem, mas de toda a Palavra que sai da boca de Deus, não basta dar questões materiais é precisa dar sentido, horizonte!”


O pe. Bertilo fez sua Profissão de Fé e foram realizadas as entregas da Pia Batismal, do Confessionário e do Sacrário o pronunciamento do Juramento de Fidelidade. A prece dos fiéis foi pronunciada por João Dallabrida. Após a leitura da Ata de Posse, o presidente do Conselho Pastoral, Laurindo Bonini fez uma saudação ao novo padre, em nome da comunidade. “Como vossos paroquianos queremos caminhar juntos, sob a sua orientação espiritual, para servir nas necessidades na nossa Igreja, trilhando sob a luz do Evangelho, a missão de batizados, promovendo a paz e a justiça.”


O novo pároco agradeceu a acolhida que recebeu e explicou sua metodologia de trabalho: Olhar e escutar. “Olhar para quem está aí, qual a realidade que vivem e convivem as pessoas. Escutar as suas angustias, as suas preocupações. Venho somar neste trabalho que já vem sendo feito pelos meus colegas padres e pelas lideranças deste local...Que a nossa querida mãe, a Imaculada Conceição nos abençoe e ajude a cada uma de nós.”


Fotos: Ronald Mendes