Buscar

Assembleia Arquidiocesana de Ministros Extraordinários da Sagrada Comunhão Eucarística

A 60a Assembleia Arquidiocesana de Ministros Extraordinários da Sagrada Comunhão Eucarística aconteceu no dia 15 de maio, na Basílica da Medianeira. O encontro, que começou às 13h30, reuniu aproximadamente 700 ministros e teve como tema central a Espiritualidade do Ministro. A formação, ministrada pelo Padre Humberto de Carvalho, da Arquidiocese de São Paulo foi dirigida especialmente aos leigos que prestam serviço à Igreja.


O assessor abordou, de forma prática e didática, os principais fundamentos para o exercício da atividade, explanou sobre todos os passos que são importantes, profundos e necessários como a Centralidade de Jesus na celebração, a oração, a leitura da Bíblia, as partes da liturgia.


A Ir. Carmem Angst, da Comissão de Liturgia, avaliou a assembleia como um momento de grande alegria para a família MESCE. “É um momento de renovar as nossas forças, nosso entusiasmo e nossa fé para continuarmos esse grande serviço para a Igreja”.


Um dos organizadores do encontro, Alencar de Andrade, acredita que é importante estudar temas sobre espiritualidade. Segundo ele “a espiritualidade nos faz responder ao chamado, à missão que temos de servir ao Cristo”.

Para Lenir Gebert da Paróquia São José, de Itaara, este tipo de atividade faz com que todos tenham uma espiritualidade com maior força para atuar. “Muito importante sempre lembrar que o mais importante é Jesus, sua comunhão e missão. Termos isso sempre em mente quando formos trabalhar” disse a Ministra.


Estes momentos de formação são importantes para toda a Igreja e de modo especial para os Ministros, que puderam reforçar a centralidade em Jesus Cristo. O padre Cristiano Quatrin, pároco da Basílica, avalia que encontros assim fazem a arquidiocese crescer no sentido de pertença e missionariedade.


A atividade foi encerrada com missa presidida por Dom Leomar Antônio Brustolin, arcebispo metropolitano de Santa Maria.